Lúcio Flávio Pinto

Das 50 cidades mais violentas do mundo em 2016, 19 são brasileiras, segundo a lista divulgada nna semana passada pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal. O Brasil ocupa 40% desse ranking, embora só possua 3,5% da população mundial.

Outras oito estão no México, sete na Venezuela, quatro nos Estados Unidos, quatro na Colômbia, três na África do Sul, duas em Honduras, uma em El Salvador, uma na Guatemala e uma na Jamaica.

Belém é a 2ª mais violenta do Brasil e a 11ª do mundo (com 47,4 homicídios por cada 100 mil habitantes), abaixo apenas de Natal, a campeã e a 10ª no ranking internacional, com 69,56 homicídios por 100 mil habitantes. Aracaju é a 12ª (62,76).

Seguem-se Feira de Santana (15ª), Vitória da Conquista (16ª), Campos dos Goytacazes (19ª), Salvador (20ª), Maceió (25ª), Recife (28ª), João Pessoa (29ª), São Luís (33ª), Fortaleza (35ª), Teresina (38ª), Cuiabá (39ª), Goiânia (42ª), Macapá (45ª) Manaus (46ª), Vitória (47ª) e Curitiba (49ª). São seis cidades do Nordeste e cinco da Amazônia Legal. Pobreza combinando com violência.

A lista da ONG é baseada no número de homicídios por 100 mil habitantes e analisa municípios com mais de 300 mil habitantes.

  • Caracas (Venezuela) – 130,35 homicídios/100 mil habitantes
  • Acapulco (México) – 113,24
  • San Pedro Sula (Honduras) – 112,09
  • Distrito Central (Honduras) – 85,09
  • Victoria (México) – 84,67
  • Maturín (Venezuela) – 84,21
  • San Salvador (El Salvador) – 83,39
  • Ciudad Guayana (Venezuela) – 82,84
  • Valencia (Venezuela) – 72,02
  • Natal (Brasil) – 69,56
  • Belém (Brasil) – 67,41
  • Aracaju (Brasil) – 62,76
  • Cape Town (África do Sul) – 60,77
  • Louis (EUA) – 60,37
  • Feira de Santana (Brasil) – 60,23
  • Vitória da Conquista (Brasil) – 60,10
  • Barquisimeto (Venezuela) – 59,38
  • Cumaná (Venezuela) – 59,31
  • Campos dos Goytacazes (Brasil) – 56,45
  • Salvador e RMS (Brasil) – 54,71
  • Cali (Colômbia) – 54,00
  • Tijuana (México) – 53,06
  • Guatemala (Guatemala) – 52,73
  • Culiacán (México) – 51,81
  • Maceió (Brasil) – 51,78
  • Baltimore (EUA) – 51,14
  • Mazatlán (México) – 48,75
  • Recife (Brasil) – 47,89
  • João Pessoa (Brasil) – 47,57
  • Gran Barcelona (Venezuela) – 46,86
  • Palmira (Colômbia) – 46,30
  • Kingston (Jamaica) – 45,43
  • São Luís (Brasil) – 45,41
  • New Orleans (EUA) – 45,17
  • Fortaleza (Brasil) – 44,98
  • Detroit (EUA) – 44,60
  • Juárez (México) – 43,63
  • Teresina (Brasil) – 42,84
  • Cuiabá (Brasil) – 42,61
  • Chihuahua (México) – 42,02
  • Obregón (México) – 40,95
  • Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil) – 39,48
  • Nelson Mandela Bay (África do Sul) – 39,19
  • Armenia (Colômbia) – 38,54
  • Macapá (Brasil) – 38,45
  • Manaus (Brasil) – 38,25
  • Vitória (Brasil) – 37,54
  • Cúcuta (Colômbia) – 37,00
  • Curitiba (Brasil) – 34,92
  • Durban (África do Sul) – 34,43



  • Comente no Site (Clique Aqui)


    Deixe um comentário

    Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

    Comente no Facebook (Clique Aqui)