Portal OESTADONET
O prefeito Nélio Aguiar informou nesta manhã que até segunda-feira(24) será editado o decreto de regulamentação da lei de gestão terceirizada da saúde no município de Santarém, aprovada pela Câmara de Vereadores. O decreto vai estabelecer as normas do processo de habilitação das Organizações Sociais(OS) que pretendem participar da licitação lançada para definir a organização que vai administrar o Hospital Municipal e a UPA 24 horas, inicialmente. Segundo o prefeito, dentro de um prazo de 60 a 90 dias o processo de escolha da OS que fará a gestão das saúde estará concluído para a assinatura do contrato. Nélio Aguiar participou, nesta quinta-feira, de uma discussão sobre o modelo de gestão terceirizada que será implantado no município, com representantes de diversos segmentos organizados da sociedade, eventos realizado no auditório do CIAM. O prefeito de Santarém voltou a defender o modelo de gestão de hospitais através de OS e classificou de viés ideológicos e partidários a base para a reação contrária à proposta por grupos de profissionais de saúde e alguns segmentos sindicais. " A discussão é técnica e será assim até o final. Hoje temos uma gestão própria que não responde às necessidades da população que procura o Hospital Municipal. Por isso estamos discutindo um novo modelo que já funciona no país há mais de 19 anos, que são as organizações sociais", afirmou Nélio Aguiar. Além dessa discussão de gestão, que visa melhorar atendimento no Hospital Municipal, o prefeito observou que o município fez gestão junto à Sespa para reduzir o fluxo de pacientes de outros municípios para Santarém. " A Sespa vai aumentar a oferta de hemodialise de 34 para 100 máquinas no Hospital Regional do Baixo-Amazonas, os hospitais de Belterra e Mojui dos Campos estão sendo melhorados, e o hospital de Alenquer vai passar para a administração estadual. O funcionamento efetivo desses hospitais da região vai reduzir o número de pacientes que viriam para Santarém, desafogando o atendimento no Hospital Municipal de Santarém", finalizou Nélio Aguiar.  



Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)


Última modificação em Quinta, 20 Julho 2017 14:19