Portal OESTADONET

Cinco dias após seu naufrágio devido à colisão com o navio Santos Mercosul, no rio Amazonas, próximo a Óbidos, o empurrador do comboio de balsas da empresa Bertolini finalmente foi localizado pelas equipes de buscas do Corpo de Bombeiros do Pará e da Marinha do Brasil, a 57 metros de profundiade, depois que foi feita sondagem, na tarde desta segunda-feira(7), com o equipamento de Sidescam vindo de Brasília e instalado em uma lancha da empresa, que confirmou a posição.

Os corpos de nove tripulantes desaparecidos provavelmente permanecem no interior da embarcação. A partir da localização do empurrador, equipes de mergulho vão tentar alcançar e vasculhar seu interior para remoção dos corpos. As últimas tentativas de mergulho foram infrutíferas porque a forte correnteza e a densidade da água do rio Amazonas só permitiram descida até 30 metros de profundidade.

O Navio Hidroceanográfico Fluvial Rio Branco chegou domingo(6) de manhã no local das buscas e iniciou as sondagens com equipamento multifeixe às 0730h. Por volta de 1130h localizou um destroço no fundo do rio. Para a confirmação foi realizada uma sondagem com outro equipamento de varredura lateral (Sidescam), porém não chegou na profundidade do local em função da densidade da água.

O Navio Patrulha Bocaina chegou na área também no domingo, realizando buscas aos desaparecidos desde a Ilha do Patacho até o local do acidente e permanece nesta operação nesta segunda-feira, mas até o fechamento desta matéria nenhum corpo foi encontrado.




Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)


Última modificação em Segunda, 07 Agosto 2017 18:25