Com informações de Nayara Felizardo, Flash Yala Sena e Rayldo Pereira

O delegado de Entorpecentes, Menandro Pedro, está na região sul do Piauí para iniciar as buscas pelo restante da droga que foi jogada de dentro do avião apreendido na tarde de sexta-feira (26), no municípios de Barreiras do Piauí, a 854 km de Teresina. Até agora, a polícia localizou mais de 200 quilos de cocaína e acredita que haja mais droga dentro do mato.

O piloto Nagib Brito de Aquino, que também é funcionário do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, morador de Santarém, no oeste do Pará,  foi preso, assim como Ângelo Augusto Ribeiro Boechat Lopes que, de acordo com o coronel Alberto Menezes, se apresentou como dono da droga.

A Polícia Militar informou que a aeronave seguia do município de Altamira no Pará para o Maranhão sendo conduzido por coordenadas geográficas. "Em algum momento ele se equivocou nessa rota e acabou entrando no Piauí. Como eles não tinham combustível suficiente para voltar e o avião estava muito pesado, ele chegou a arremessar drogas para fora da aeronave ainda durante o pouso", explicou o coronel Alberto Menezes, comandande de operações da Polícia Militar.

Dentro do avião foram localizados seis sacos grandes de cocaína dentro de cada saco 30 tablete, a Polícia neste momento busca o restante dos tabletes. "Esta pode ser a maior apreensão de cocaína já registrada devido a sua grande quantidade", relatou o coronel

Segundo o delegado Menandro, os presos estão colaborando com a polícia e vão ajudar a localizar o restante da droga. Ele precisaram jogar a carga para reduzir o peso da aeronave, que saiu da rota do GPS e ficou sem combustível. “Eles precisaram fazer um pouso forçado na rodovia estadual e estavam tentando abastecer”, disse o delegado.

De acordo com a Polícia Militar, o avião decolou na cidade de Altamira, no estado do Pará e tinha como destino o estado do Maranhão. “É uma máfia muito grande e de alto poder aquisitivo”, afirma Menandro Pedro.

Um piloto irá de Teresina a Corrente para trazer o avião e a droga. Os presos também serão transportados após realizadas todas as diligências pela Polícia Civil




Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)


Última modificação em Segunda, 29 Janeiro 2018 09:06