Portal OESTADONET

O delegado Nelson Silva informou ao Portal OESTADONET, na manhã desta segunda-feira(29) que será feito perícia no aparelho celular de Zirlando da Silva Alves, preso pela Policia Civil de Santarém, após denúncia da adolescente M.P.O, 16 anos, que o suspeito tinha ejaculado em sua perna, durante viagem no interior do ônibus que faz a linha do Tabocal.

Com a perícia, o delegado quer esclarecer se as imagens pornográficas encontradas  armazenadas no celular do suspeito envolvem crianças ou adolescentes. “Se comprovado que as imagens não são de pessoas adultas, o Termo Circunstanciado de Ocorrência, lavrado contra Zirlando por atentado ao pudor, será transformado em inquérito policial por causa do armazenamento de pornografia infantil, sob enquadramento do Estatuto da Criança e do Adolescente, com penas de prisão que variam de 1 a 10 anos de detenção, se condenado”, esclareceu Nelson Silva.

A polícia também recolheu para análise do DNA a toalha, que contem uma amostra do sêmem do acusado, que a adolescente usou  para limpar as pernas. Foi também recolhida amostra de sangue de Zirlando, para o exame de DNA.

À políicia, Zirlando negou todas as acusações. Ele foi liberado e responderá ao TCO em liberdade. Caso seja comprovada a prática de armazenamento de pornografia infantil de menores, o delegado informou que será aberto inquérito policial e pedida a prisão preventiva do suspeito. 

O suspeito teve o nome publicado como um dos candidatos aprovados na seleção simplificada de professores promovida pela secretaria municipal de educação.

Leia também:

PF prende em flagrante dois homens que armazenavam e compartilhavam pornografia infantil na internet





Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)


Última modificação em Sexta, 16 Fevereiro 2018 09:09