Portal OESTADONET
Dos 24 municípios paraenses que recebem a cota-parte da Compensação Financeira pela Exploração Mineral(CEFEM) sete estão localizados na região Oeste do Pará, mas ocupam da quinta à vigésima posição nos valores dos repasses financeiros. Em todo estado, a CEFEM alcançou o valor de 54 milhões de reais em março deste ano, mas os sete municípios mineradores da região receberam apenas cerca de 3 milhões de reais - pouco mais de 6 por cento do total. A Prefeitura de Oriximiná ( quinta no estado), a que mais arrecada CEFEM na região teve creditado na primeira semana de março R$ 1.586.592,94, seguida por Juruti ( oitava no estado), que recebeu R$ 764.994,66 e Itaituba ( décima no estado), com repasse no valor de R$ 571.656,83. Em todo Pará, o município que mais arrecada CEFEM é Parauapebas, que em março recebeu cerca de 30 milhões de reais, com previsão anual de repasse no valor de 290 milhões de reais. Os dados são da Agência Nacional de Mineração(ANM) que revela que Jacareacanga recebeu este mês de CEFEM R$ 32.123,59, Almeirim R$ 26.475,88, Rurópolis R$ 13.297,82 e Novo Progresso R$ 7.274,00.



Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)


Última modificação em Quinta, 08 Março 2018 09:21