Ruth Rendeiro

A ansiedade já toma conta de mim. Impossível não querer saber tudo o que acontece com a nossa seleção. O cardápio já foi decidido: além das cervejas, picanha antes e durante o jogo e tacacá para após. A roupa também já está devidamente separada. Uma camisa amarela com o cartaz do Círio de Nazaré de 2013 como ornamento. Uso a cor predominante e ainda peço a benção da nossa Santa.

Vou torcer, gritar, esperar pela vitória e esperar mais. Bem mais. Que junto com a euforia popular, impossível de controlar, afinal somos brasileiros e de fato um País de chuteiras, como já disse Nelson Rodrigues, venham depois as investigações e punições aos que enriqueceram com a Copa ou os que inviabilizaram que o compromissado não fosse realizado. Por incompetência ou ganância.

Não tenho motivos para abominar o Neymar ou o Fred. Ao contrário. Eles estão ali por merecimento. Dedicaram-se e enfrentaram muitos obstáculos para estarem hoje representando o País. Hoje o que se vê é só o glamour, a fama, as conquistas, mas abriram mão de muitos prazeres típicos da juventude e persistiram atrás de um sonho. Venceram com pelo próprio esforço.

O que deve ser veementemente repudiado por todos são os que roubaram. Independente do resultado final, o festival de dinheiro que circulou ilicitamente não pode ser esquecido. A fraude não tem nenhuma relação com a seleção. Os que fizeram a festa antecipadamente com o dinheiro alheio, esses sim devem ser xingados, vaiados, expurgados de todo e qualquer projeto. E solenemente punidos!

Já vai começar o belo espetáculo e eu ainda nem pintei as unhas. Uma verde e outra amarela para combinar com o colorido nacional.

 




Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)



NOTÍCIAS RELACIONADAS

  • Leia Mais Notícias de Ruth Rendeiro